domingo, 13 de junho de 2010

DIÁRIO DE BORDO: ENTRE ALEGRIAS E LÁGRIMAS

                                                  JORGE BICHUETTI

Dia amanhecendo... Meus pássaros cantam e a Lua adormecida, vela...
Como tem sido longa a nossa caminhada!...
Quarta-feira passada, o prefeito Anderson Adauto esteve na Fundação Gregorio Baremblitt e celebrou com os usuários, trabalhadores e amigos a adoção de uma casa para que esta instituição de acolhimento e cuidado tivesse, definitvamente, um teto, um teto para agasalhar seus trabalhos e eum teto para recolher seus sonhos...
Um encontro de amigos... Deste a Assembléia Estadual até os dias de hoje,  o prefeito Anderson Adauto construiu junto a nós da fundação Gregorio um laço: defeundeu-nos quando ameaçados - foi luz na escuridão; apoiou-nos na caminhada - sendo mão amiga e providência generosa; e, agora, com a doação da Casa, fez-se membro, colaborador e irmão dos nossos trabalhos e sonhos.
... À ele, nossa imensa gratidão.
Os sonhos necessitam de pontes para que possam florir os caminhos.
                                                       ***
Sorrimos e choramos... Assim, tem sido nossa caminhada.
Com tristeza recebemos a notícia do pedido de exoneração do cargo de Coordenadora de Saúde Mental do município de Araxá, da companheiro nobre e digna Patrícia Nacif.
O que sentimos? lamento e indignação...
Muito se sonhou, muito se realizou...
E não nos contentamos em apenas recoradar Jesus: Felizes os persiguidos por amor ...
Por amor à justiça e à dignidade da Reforma Psiquiátrica.
Também, não compreendemos por que o CAPS-ARAXÁ não se efetiva...
Qual a dificuldade, se lá temos as pioneiros deste sonho de cuidado amoroso e inclusão libertária?
Oh! Podres poderes!...
Nosso veemente repúdio ao juiz Renato Zuppo que a processa por atraso de uma perícia criminal, eenm se explica...
Sugerimos a ele uma reciclagem em saúde mental e direitos humanos, um aprendizado do diálogo e que deixasse o costume do Calvário de tentar ferir os benfeitores da sociedade.
A ele, nosso repúdio...
E pedimos aos amigos que nos encaminhem o seu email para que os que lutam pela Reforma Psiquiátrica no Triângulo Mineiro pudessem, também , lhe expressar sua indignação.
OAB, onde estais que não?  Não vê, não escuta...
Primeiro, Dona Ivone; agora, Patrícia...
O jurídico, na sua maioria, parece que não pensa desinstitucionalização, inclusão social, reabilitação psicossocial e direitos humanos... Tratam os trabalhadores de saúde sem ler e entender os processos atuais e as prioridades do Sistema de Saúde...
Desconhecem o novo, e não valorizam os verdareiros construtores desta nova ordem de inclusão e solidariedade.
Aliás, eles nunca atrasam... os processos seguem com rapidez e agilidade...
Sepulcros caiados de....
À ele, o nosso repúdio...
À Ela, nosso carinho, solidariedade e respeito.
                                                  ****
No entanto, é preciso cantar...
Cantemos nossa fé, nossos sonhos... Nossa luta.
E substituamos a resilência dos covardes pela resitência dos que lutam e profetizam com suas ações as necessidades do nosso povo e dos nossos corações.




6 comentários:

Camila Bahia Leite disse...

Amigo Jorge, suas palavras trazem alento aos momentos vividos nos últimos dias.
Bom saber que podemos contar com os amigos nos momentos difíceis de nossa caminhada por aquilo que acreditamos.Isso me enternece, agasalha a esperança, e dá outro sentido às lágrimas.
Obrigada pelo carinho e apoio.
Beijo no coração.

pnacifavila@gmail.com disse...

Querido Jorge

Suas palavras me fazem sentir aninhada e protegida pelo calor da solidariedade, da amizade e da esperança. Seu respeito neste momento muito me honra. Ainda que com outras ferramentas, continuo na busca de um mundo mais digno e fraterno aos nossos.
Abraços,
Patricia Nacif

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

Queridas companheiras de araxá, meu respeito, minha solidariedade e minha certeza, com Quintana:
a todos que atravacam nosso caminho... Eles passarão... nós passarinhos...
A luta continua...
Com a dignidade e nobreza da nossa Patrícia, lutadora e sonhadora... à ela , nosso carinho, e admiração. abraços jorge

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

Patrícia, a injustiça fere e nos machuca, ela sempre surge travestida na toga de algum novo Pilatos: inocente e descuidado...
... Mas ela é a cruel artimanha dos temem o amanhecer.
Sinta-se amiga, agraciada pelo título de cavaleira das alvoradas vindouras.
O cargo que foi necessário deixar, não lhe inpedira de persistir no mesmo caminho, co os mesmos sonhos.
Isso não poder que consiga lhe roubar, nem a sua dignidade..
diante da qual, nos reverenciamos,
abraços de amigo e irmão jorge bichuetti

Samara disse...

Querido Jorge, em meio às dificuldades, não podemos deixar de comemorar e nos alegrarmos com a conquista da casa tão sonhada, após longos anos de caminhada. Sim, há motivo para muita alegria. São os frutos doces colhidos durante a jornada, que nos trazem a certeza de que é preciso continuar. Desejo muita energia boa à nova casa, e a todos que por lá ainda passarinho. Bj, Samara.

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

Que alegria! sigamos... os espinhos hão de florir e as pedras seráo degraus de uma escada para que possamos tomar o céu de assalto abraços
jorge