sábado, 23 de outubro de 2010

DIÁRIO DE BORDO: A LUA E AS MINHAS VIAGENS

                                                                                         JORGE BICHUETTI

Criança sonhava em ir à lua; hoje e a pequena lua que sonha com as minhas voltas...
Tempo chuvosos, ela aninhada nos meus pés... De olhinho temeroso, já viu na mesa: os livros, as folhas.... Sabe: terá aula!...
Quando dou uma aula, sinto a mesma emoção que sentia pequeno querendo estar nos encantos da Lua...
A educação me fascina... Vejo em cada corpo que me escuta e que comigo dialoga um novo amanhã...
Novos cuidados, novas práticas... O povo sofrido e a vida maltratada sendo acolhida e transformada...
Cada palavra que canto, e cada posia que eu vivo, são agenciamentos ; não para ocopiar o por mim ensinado, espero disparar paixões, invenções... o novo que não consegui, mas que sonho no devir dos caminhos de cada aluno que eu olho, e neste olhar conceituo:educação é esperança, educação é a arte de sonhar com o nvo que nem mesmo ousamos ainda pensar...
Educação é coito que parirá um novo travbalhador, novas práticas... e um novo mundo.
Porisso, ela acontece no entre destes encontros e na magia dos es que nos libera das ortodoxias...
É amor...

E nos encontramos: produtividade, inovação, vida nova...
Canários assobiando o alvorecer de um novo tempo.
Quanto  ensinei? muito pouco, mais aprendi...
E a Lua estava aqui, quieta e sossegada, esperando-me, meio orgulhososa, mais que ciumenta.
E a vida : ela se conecta com a alegria e com a criatividade.
E somos todos uma socieade de amigos, onde . ela - alua- aninha-se, dengosa.

2 comentários:

Fernanda disse...

Olá Jorge, td bem? Participei do seu minicurso a clínica da psicose na uniube, gostei mt, foi mt enriquecedor poder compartilhar dos seus conhecimentos e experiências. Quando for iniciar um novo curso anuncia no blog me interesso mt. Obrigada. Fernanda

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

Que alegria! a vida é cheia de bons encontros e estes nos fazem descobrir a coragem de viver, sorrino e sonhando. Avisarei, abraços jorge