segunda-feira, 8 de novembro de 2010

O DEVIR MULHER NAS BRUXAS

                                                                                JORGE BICHUETI

As bruxas se revelam mulheres que não se dobravam ao poder fálico masculino, e advogavam ul lugar e um valor-função para elemento femenino.
Inegavelmente, assumiam a rebeldia, o indomável e instintivo das mulheres. Carregavam orgulhosas a insubmissão. Lidavam comgrande vitalidade com a sexualidade e com a própria magia, não eram codificadas pelo racional-lógico.Sedutoras, sensuais e mágicas foram perseguidas e nomeadas de as grandes meretrizes...
A leitura das tradições das bruxas celtas mostram um universo rico, fecundo e mágico que as localizam perto e harmânicas com a natureza.
Seus rituais são festas onde o fogo e círculo desempenham papéis congruentes às suas funções na sociedade e no mundo celta.
Cabe a elas a definicição de Deleuze-Guatari: figuras estéticas, pura potência de afetos que transbordam as afecções e percepções ordinárias.
Suas festas:
- Ano novo - Samhain ( haloween) - um momento de poder espiritual, onde o véu entre o mundo material e esperitual cai, deixando todos ricos de conhecimentos ancestrais para o próximo ano.Se alimenta os mortos com pães. É a celebração dos mortos. morte e ressureição.
- Lammas - festa da colheita, gratidão à terra abundante e se realiza jogos esportivos.
- Mabon - dia de alinhamento psíquico e espiritual e dos movimentos de fluxo e refluxo da vida.
-  Yule - Alegria e divertimento
- Candelária -preparação do período de jejum e purificação. doam alimentos aos desvalidos..
- Ostara - tempo de regeneração do velho e do desabrochar da sexualidade.plantam seus jardins de ervas, flores e legumes que desempenharão um papel importante nos rituais, feitiços e poções.
- Beltane - ritos de sexualidade e fertilidade.A natureza celebra a grande fecundidade da terra em rituais de sexo, nascimento e nova vida.. os vínculos conjugais ficam suspensos neste período
- Litha - Grande poder e magia, onde se confunde sonho e realidade, dedicada as deusas da fertilidade e da sexualidade; todos festejam alegres, se dá os grande festivais ao ar livre...
Nota-se, claramente, o elemento feminino não-submisso ao falocentrismo, e com seu explendor em sexualidade e magia, sensibilidade... Vivem sintonizadas com a natureza...
O devir mulher emerge e propaga, contagiante...

12 comentários:

Marta Rúbia de Rezende disse...

Lindas bruxas. Mãos de Marta postou o devir bruxa, uau, no Uzina.

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

mãos de artista: carpideira, lavadeira, noveleira..
Altaneira... Um convite aos emaranhados caminhos da singularização.
Beijos jorge

Marta Rúbia de Rezende disse...

jorge, coloquei no post devir mulher bruxas uma biblioteca devir mulher. se puder, veja se coloquei todos os artigos e links desse tema pois vou "institucionalizar" uma biblioteca devir mulher no uzinamarta. pensando be n~so vou parar o uzina, vou tocando pianinho. mas vou ter que fazer um blog só do projeto: CSO do pensamento. nesse vou botar toda a fé, energia e graça.
beijo
M
outra vez na liberdade, lembrei-me de vc. jorge liberdade.

Maria del Pilar Castro disse...

Que encanto, que magia, que sonho...pura poesia...eternidade,fantasia, pura beleza feminina, puramente mulher. Que as bruxas nos sejam um exemplo a seguir, a quem me dera bruxa fosse...

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

marta, uzina que para ´´e loucura: inundação... Os rizomas se encontram e conectam no imprevisível; beijos jorge

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

Pilar: a vida dá caminhos, sonhos e magias... A questão é por onde andar? beijos jorge

Camila Bahia Leite disse...

Hummm. estou aqui a pensar em realizarmos uma convenção bruxesca.... bjs afetuosos...

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

Camila, bruxa da meiguice e do amor, uma convenção de bruxas seria uma revoluão molecular..
Um encantamento do mundo... Uma derrota na mesmice dos dias que correm sem magia e sem poesia... abraços jorge

Anônimo disse...

Dr Jorge,

Já leu o livro "Personas Sexuais" da
Camille Paglia?
Muito bom,Ensaio erudito, irônico e fácil de ler sobre arte,civilização e sexo.
Barbaro! Beijos De

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

De, deve ser um livro fenomenal; você tem toda razão... Há temas que enovelam os pensamentos, principalmente por mesclar o cotidiano e a reflexão erudita.
abraços jorge

Lillian disse...

Minha reverencia às bruxas! Que ela se manifeste em nós! Cabrummmmmmmm !!!!!!!!!!!!!!! (magia)

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

Sim, amiga, neste mundo de desencantamento, necessitamos delas em nós.... Um pouco de magia. beijos jorge