quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

SOCIEDADE DE AMIGOS: FOLHAS, FLORES E AMORES...

                            POEMA-FLOR
                                       Thiago Luis

eu só quero mesmo
fugir
fingir
infringir
afogar-me em alguma lágrima
e lançá-la ao poema
                    sem pena

desmatar os caminhos
correr
gritar
exacerbar
contentar-me com alguma sentença
de ser feliz
                     sem recompensa


e, se não houver amor
e, senão houver a dor
e, se não houver sequer uma
                                            flor...

eu só quero mesmo
reviver
renascer
consubstanciar
produzir novos instantes de paz
relançá-lo ao poema
                       e cantar


DO BLOG: www.metafisicadospoemas.blogspot.com



















                               
                           
                             

                               FOLHAS EM MOVIMENTO
                                                                        Anne M Moor


Duelos travestidos em folhas
Movimento ondulante suave
Ou violento de vai e vem
Desenham meu viver

Rebeldia não permite que
A peleja desista no tolerar de
Um marasmo sem graça

Silêncios assopram, assopram
As folhas num provocar
Intenso a me fazer sorrir

Amar em meio a esse avivar
Traz desejos, paz e alegria
Em espirais contraditórios e
Cheios de vida

DO BLOG: anne-lifeliving.blogspot.com















                                                   ... À PRIMEIRA ESCRITA
                                                                           Tânia Marques

Ensina-me a chorar, a tresloucar,
O teu beijo é um doce cantar
O teu gemido me impele a ousar
Quero a paz narrar deste momento
Nossas vidas em movimento
Instrumentos de nossos próprios sentimentos
Minhas lágrimas escorrem por dentro
Inundando a minha alma de paixão
Devir emoção
Tomando conta do meu coração
Sonhar
Simplesmente navegar
Nos braços da ilusão
Sob o olhar forte da lua
E a permissão imediata das estrelas.

DO BLOG: www.degraucultural.blogspot.com

6 comentários:

Adilson - Rio de Janeiro - Brazil disse...

belas interaçoes ...pbéns aos poetas ... abçs

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

Adilson. somos um lindo e estelar panteón... Poetas e amigos buscando na vida odevir...
Abraços. Jorge

Anne M. Moor disse...

Jorge e Adilson, obrigada.

O movimento das folhas no vento ou na brisa mexem com minha alma!

beijos
Anne

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

Anne, as folhas no vento me revelam nossa leveja e suavidade, nossa liberdade e nossa fragilidade: então, para mim, são sempre belas... Encantadoras como sua alma e sua poesia,
Abraços . jorge

Anônimo disse...

Parabens pela sua mente tão rica e sem parar , criativa.
Porém descubro que perdi meu lugar.
Não suporto relembrar a sua pressa, por duas vezes,para encerrar a sessão.Algo diferente passou como ventania lhe envolvendo não sei do que.Meu coração está verdadeiramente magoado. De

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

Minha amiga, continuo a mesma pessoa, cuidando com carinho e atenção; se a magoei, peço-lhe desculpas... Não valorize tanto minha pessoa que sou um cisco na multidão,
Abraços, Jorge