domingo, 19 de junho de 2011

POESIA: EMPORÍO DA LIBERDADE

                                      DEVIR JUVENTUDE
                                                      Jorge Bichuetti

Índios urbanos
nas pedras da cidade;
irrrupções fluxos 
seminais...

Sonhos verdejantes
pululam no mangue;
coriscos pontos
estelares...

O venta alenta 
os desatinos do tempo;
guerreiros duendes
florais...

Na rua, um grito
semeia liberdades;
desejos cios
madrigais...

Corpo e alma,
eletrizam os becos;
arcos profanos
deuses no ar
cosmopolita -
triscam o céu
beijam o mar...

Jovens vidas
poesias
do luar...


                                 OLHARES
                                            Jorge Bichuetti

Teu olhar arde
e asserena;
caça e foge,
enigmático
arqueia no vento
um arco-íris,
roda de ser 
um livre amar...

Teu olhar alteia
e acena;
brilha e cega;
cáustica
ternura no cio,
pulsões carnais
tergiversam
o medo de amar...


                                   AURORA
                                           Jorge Bichuetti

Entre o luar e as estrelas da noite vadia
e o escaldante sol do meio-dia, há uma
aurora - cores cantos orvalho baladas -
a vida nasce no meio do corpo da gente...


                                   INSTINTO SELVAGEM
                                                            Jorge Bichuetti

Canibalesco arrepio,
volúpia animal, um
desejo de ser e estar
nos ritualis da paixão
bailando nas contrações
do amor carníforo de
carinhos angelicais...

4 comentários:

Rosi Alves... disse...

Amei poetaço! AURORA
Jorge Bichuetti

Entre o luar e as estrelas da noite vadia
e o escaldante sol do meio-dia, há uma
aurora - cores cantos orvalho baladas -
a vida nasce no meio do corpo da gente...
(Risos)se eu conseguir escrever com tanta beleza uma frase sequer ficaria eternamente feliz...mais isso e para quem pode e não para quem quer!que deus te abençoe sempre ilumine te proteja te de tudo que for necessário para que seja eternamente feliz e assim bem ser humano.abraço lindo domingo

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

Rosi: a poesia vitaliza e dá caminhos, novos horizontes. Abraços ternos , jorge

Mila Pires disse...

Ah, que coisa linda..." do amor carnívoro de
carinhos angelicais...".
Seu versar ficou lindo!
Abraços...com ternura...

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

Mila, anadando nos trilhos dos paradoxos existenciais.. Abraços comcarinhoe muita ternura, jorge