quarta-feira, 16 de novembro de 2011

POESIA: AMOR; INTENSIDADE NO INFINITO... FLOR NO CAMINHO...

          SACRO E PROFANO
                     Jorge Bichuetti

Entre o sacro e o profano, caminho;
ora, sou a pia vela de uma romaria
ora, a loucura do desejo no luar e a
viagem corporal pelos cantos épicos
do amor, este anjo banal que une
num só corpo o céu e o imenso mar...

Entre a magia e a folia, festejo
as flores que nascem no caminho:
com elas, teço uma oração singela;
depois, as atapetado o caminho
dos pés amados... e sigo, entre
a sensualidade terna de um beijo
e o sonho de um céu florido
onde o desejo e o amor fundem-se
numa oração visceral, êxtase da vida...


                         AMEI DEMAIS
                           Jorge Bichuetti    

Amei... louco e cego,
não escutando a voz
da razão...

Amei... como amam
os poetas que explodem
de amor o próprio coração...

Amei... com a voracidade das feras;
com a ternura dos passarinhos e co'a
valentia das cigarras cantantes...

Amei demais... e, agora, 
recolhendo as folhas secas
e mi'as lágrimas doídas, vejo
que amei sem medo;
não temi, nem me preparei
para a vida que viria 
co'o calvário do adeus...

O amor é um voo estelar....
a vida equilibrando-se
num tênue fio... vida dada, 
caminho de risco sobre o abismo
das desilusões...u'a ave pergrina
voando livre e destemida no azul da imensidão...

4 comentários:

Elania Piffer disse...

Muuito lindo!
abs

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

Eliania: seu carinho é chuva fertilizando o dserto; abs ternos, jorge

Adilson - Rio de Janeiro - Brazil disse...

Como sempre sua escrita é fecunda ... abçs meu companheiro

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

Adilson, teu estímulo me anima e inspir. Sigamos seduzidos pelo horizonte azul. abs ternos; jorge