quinta-feira, 17 de novembro de 2011

SOCIEDADE DE AMIGOS: A POESIA DO MESTRE ADILSON S SILVA; NO ESTACATO DO MEDO

        FANTASMAS DO PORÃO...
                              

                  Adilson S Silva

Faca de corte
Corta
As amarras antigas,
Rompe laços
Do umbigo,
Liberta
Os fantasmas
Do porão...

Falta de sorte,
Pois a vida
Tem um norte,
Onde você
Vai trancar
Seus medos,
Seus segredos
E a sua negação...?

Faca de Corte
Não...
Não teme a morte
Teme a revelação...

Medo, medo
Dos seus segredos...


do blog:rimastruncadas.blogspot.com

2 comentários:

Adilson - Rio de Janeiro - Brazil disse...

Jorge ... meu companheiro de passagem .. é sempre bom estar por aqui ... nesse seu cyber farol ... um grande abraço

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

Adilson, que possamos viver e caminhar, passariando... abs ternos, jorge