quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

DO CAOS À GERMINAÇÃO DAS FLORES; PAIXÃO DO LUAR...

Kaos orgástico,
caldo germinativo na cauda
flores siderais neurônios lunáticos
alegria vital no cio dos deuses e estrelas
explosão poética na ternura do palco -
  na sacra imensidão
      cirandas e carnavais
o broto o sonho um beija-flor...


                         jorge bichuetti


Lua, deusa da noite,
magia dos amantes... poesia
flor oratório dos pagãos e dos boêmios
que cultivam no teu fogo a ternura da vida
germinação clareira vida e fé no vento da paixão...


Luinha, água orvalho
bolha de sabão e relva prateada;
luz que alumia 
   seca mi'as lágrimas... Amém, axé;
a Lua no céu voa no sacrário en-canto
que acaricia suave e terna meu coração...


                         jorge bichuetti



não posso deixar de cantar
nem quero parar de lutar; viver é
um caminho florido no orvalho das lágrimas,
se chorei, não peço perdão... que a vida perdoe e acolha
o espinho vil que violando o amor, feriu a vida e o meu coração...

                jorge bichuetti



ENTRE PEDRAS, FLORES...
ENTRE ESPINHOS, SONHOS...


A VIDA VOA NAS ASAS DA LIBERDADE...

2 comentários:

Adilson - Rio de Janeiro - Brazil disse...

sempre animador passar por aqui e beber inspiração no espirito dos seus escritos ...pbéns sempre amigo...

PS - Check seu email , enviei um texto , se o achar interessante ,publique-o

Abraços

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

Adilson, seu exemplo é farol e cais para os nossos corações... Verei o email e publicaremos. Meu carinhoso abraço, jorge