quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

MESTRES DO CAMINHO: LIÇÕES DE ANTÔNIO VIEIRA; A VIDA NA TECELAGEM DO TEMPO...

                              REFLEXÕES:


- "O livro é um mudo que fala, um surdo que responde, um cego que guia, um morto que vive"

- "Para falar ao vento bastam palavras, para falar ao coração são necessárias obras."


- "Há homens que são como as velas; sacrificam-se, queimando-se para dar luz aos outros."

- "Somos o que fazemos. Nos dias em que fazemos, realmente existimos; nos outros, apenas duramos. "


                 ANTÔNIO VIEIRA

4 comentários:

Rosi Alves... disse...

MUITO LINDO...

É BEM ASSIM TEM HOMENS QUE NASCEM DOS SONHOS OUTROS QUE MORREM POE ELES.

UM ABRAÇO JORGE UM DIA CHEIO DE AMOR E PAZ SEMPRE TE LEIO EU ME EMPOLGO E VOU EMBORA E CABO NÃO COMENTANDO.

Concha Rousia disse...

Jorge, meu amigo... sejamos pois essas velas, adoro me queimar dividindo a luz... e o abraço no meio de tanta ternura, te adoro, beijos, Concha

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

Rosi: quanto há na vid anos chamando para viver na intensidade do amor, é a vida sempre nos querendo mais vida. abs ternos, jorge

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

Concha, dar-se pela vida e sonhar, realizando auroras nao caminho e nossa destinação. Abraços com carinho e inmensa ternura, jorge